Superinteressante

Em 2016 fiz uma foto que gosto bastante para a revista Superinteressante, sobre a poluição causada pela indústria do porco na china.

bacon animação

O bacon é real e foi recortado à mão pela minha digníssima esposa, enquanto a fumaça foi fotografada separadamente para invadir o espaço do texto. A ideia veio do xará Flávio Pessoa, designer da revista na época e boníssima gente.

Lembrei desta foto e resolvi dar uma atualizada, transformando-a em cinemagraph.

ezgif-2-de8d4e47e8.gif


Aproveitando a oportunidade, nesta semana os últimos amigos que trabalhavam na editora Abril foram dispensados devido ao mais novo corte de títulos. Vi bastante gente comemorando a derrocada da abril nas redes sociais, muito em face aos erros e exageros famosos da editora mais importante do país. Compartilho do mesmo espectro político dessas pessoas, mas não consigo compartilhar da mesma alegria. Na minha opinião a perda é de todos, em especial do jornalismo e da democracia. Como o mais importante veículo impresso do país, sua crise é também de toda a indústria.

Deveríamos reivindicar e torcer pelo aprimoramento da mídia, não sua falência. Com muita cobrança por resultados a curto prazo e sem o mesmo nome institucional a zelar, a maioria dos sites e portais sucumbiu faz tempo às armadilhas do click bait e fake news, contribuindo para o empobrecimento do debate público e pressionando veículos tradicionais na direção de fofocas de celebridades e manchetes alarmistas. Existem ótimas exceções à esta regra, mas estão longe de serem as mais populares.

Infelizmente não consigo ver com bons olhos a substituição de veículos imperfeitos por sites menos-que-imperfeitos. O Brasil perdeu e ainda não compreendeu.

Anúncios

Interbank – Peru

Alguns meses atrás o Estúdio Sampa foi invadido por peruanos.
Para quem os conhece, sabe que isso é indício de um dia divertido.

Fotografei a jogadora de vôlei Angela Leyva para o banco peruano Interbank.

prodrelative-04.jpg

Captura de Tela 2018-08-09 às 12.52.43.png

Interbank-222.jpg

O pé direito do meu estúdio tem 4 metros e quase não foi suficiente para a foto da cortada. Incrível como o atletismo de uma profissional é distante de uma pessoa comum.

Fotos: Flávio Demarchi / Estúdio Sampa
Assistência: Aline Ioavasso e Andreza Santana
Make: Teycon
Direção criação: Eduardo Meza
Agência: JWT Peru

Danúbio 2

Mais uma para Danúbio.

 

View this post on Instagram

Esse creme de limão siciliano com Creme de Ricota Danubio é muito versátil. Você pode servi-lo sozinho ou usar para rechear bolos e tortas. Experimente fazer essa receita leve e super gostosa na sua casa.⠀ .⠀ Ingredientes⠀ 150g de creme de ricota Danubio⠀ 3 limões sicilianos médios (suco e raspas da casca)⠀ 3 ovos⠀ 2 gemas⠀ 220g de açúcar⠀ 1 colher de sopa de amido de milho⠀ 80g de manteiga derretida⠀ .⠀ .⠀ Preparo:⠀ Em uma panela, junte açúcar, o amido, a manteiga derretida e mexa bem.⠀ Junte os ovos e as gemas, o suco de limão e adicione à mistura anterior.⠀ Leve ao fogo bem baixo cozinhando sem parar de mexer, até obter um creme denso e brilhante. Passe por peneira e deixe esfriar.⠀ Misture o creme de ricota delicadamente até ficar homogêneo. Use para cobrir e rechear bolos e doces.

A post shared by Danubio (@danubiobr) on

Fotografia: Flávio Demarchi
Direção: Maria Fernanda Braggio
Produção: Agência Ginga
Food Stylist: Marina Zaverucha
Produção de objetos: Ana Sannini
Assistência: Aline Ioavasso

Respiração artificial

Árvores são únicas e caóticas.

_94A0810.jpg

_07A1019.jpg

_94A0620.jpg

350A3183.jpg

Tenho certa fixação em fotografa-las, especialmente à noite.
Há anos venho registrando árvores urbanas iluminadas pelas luzes noturnas em uma série que chamei de “respiração artificial”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Eu sinto uma certa tristeza por estas espécies que evoluíram durante milhões de anos para ficarem metade do dia no escuro e nunca mais terão esta paz. De um pouco mais de um século para cá elas precisam conviver sem descanso com luzes de tungstênio, vapor de mercúrio, xenon e led.

_94A8412.jpg

Ainda pior, essas luzes influenciam o ritmo biológico das plantas e podem ter consequências que vão além dos limites das cidades, afetando a saúde da população e o ciclo reprodutivo de animais.

Algumas cidades europeias tem regras para diminuir este tipo de poluição, mas este debate no brasil sempre esbarra no nosso problema de violência urbana, um problema muito mais urgente.

Chegaremos lá um dia? Esta é talvez a mais visível e a mais relegada das poluições.

_94A9413

 

Edit: adicionei mais fotos da série no slideshow acima.

Vídeo Danúbio

 

Trabalho bacana com gente legal que fiz há um tempinho para Danúbio.

Garanto que todas as receitas são uma delícia!

View this post on Instagram

Sabe o que você pode preparar com o cream cheese e o creme de ricota Danubio? Um cheesecake na taça super leve e gostoso. Experimente fazer em casa:⠀ .⠀ .⠀ Ingredientes:⠀ 300g de cream cheese Danubio (em temperatura ambiente)⠀ 200g de creme de ricota Danubio⠀ 2 claras⠀ 1 xícara de chá de açúcar⠀ 1 colher de chá de essência de baunilha⠀ 150g de bolo de frutas⠀ ½ xícara de chá de calda de frutas vermelhas (pode ser pronta)⠀ Castanhas tostadas a gosto para decorar e frutas frescas se desejar.⠀ ⠀ .⠀ Preparo:⠀ Bata as claras com açúcar, na batedeira. Reserve.⠀ Em outra vasilha, bata o cream cheese e o creme de ricota até que fiquem aerados. Junte às claras batidas e a baunilha.⠀ Monte em um copo ou taça, começando com o creme, depois coloque em camadas o bolo de frutas, a calda de frutas vermelhas, e repita a operação até completar.⠀ Leve à geladeira por pelo menos uma hora.⠀ Antes de servir, polvilhe com as castanhas e as frutas frescas.⠀

A post shared by Danubio (@danubiobr) on

Mais por vir!

Fotografia: Flávio Demarchi
Direção: Maria Fernanda Braggio
Produção: Agência Ginga
Food Stylist: Marina Zaverucha
Produção de objetos: Ana Sannini
Assistência: Aline Ioavasso

Rio de Janeiro

Apesar da distância, eu conheço o nordeste melhor que conheço o Rio de Janeiro. O que não significa que não goste da cidade. Depois de muitos anos, estive lá duas vezes recentemente para dar uma palestra e um workshop e fiquei maravilhado como um gringo. Aliás, espero repetir este workshop em breve.

Fica uma dica. Levem um polarizador para fotografar o arpoador. Somente retirando o reflexo do céu é possível ver como a água é cristalina. Seria possível procurar tubarões à distância!

_94A9530 cópia2.jpg

Só cuidado para não utilizar lentes mais abertas que 24mm em uma full frame, já que o polarizador não funciona em ângulos mais amplos em toda a cena.

Mais algumas:
_94A9528.jpg

_07A0405.jpg

_07A0301.jpg

_94A0101.jpg

_07A0576.jpg